quarta-feira, 6 de março de 2013

Fugir ao Fisco + Iogurte de Morango - Ana Paula Inácio


Homenagem a 4 poetas e 1 cineasta

 Livra-me das tentações
de fugir aos fisco
e que em Fevereiro pague sempre
os meus impostos.
Afasta-me do supérfluo  e
da vaidade e recorda-me que
um dia hei-de ter hemorróidas.
E não me deixes cair no pecado
da ideologia
para que não leve com o proletariado nas trombas.
Guia-me pelos caminhos do amor
até um centro comercial
onde o amado me acompanhará
a experimentar um a um cada vestido.
E, por último, faz com que
todo o iogurte que coma seja
foda-se!
de morango.

 Ana Paula Inácio, 2010-2011, Averno, 2011 – transcrito de Resumo a poesia em 2011, Fnac, p. 17  (escolha de José Alberto Oliveira)
[na Tela, durante dois dias, enquanto enchiam os Envelopes; dos que olharam, a Maioria «não gostou» - talvez por ser recente, não estar nos «Sacrossantos» P. E.s - contudo, no fim do 4.º Bloco,  M. R. - para T. , a «N. H.»,  copiou-o para o seu Cancioneiro de Mão]
Well